Ruy de Carvalho – o histórico Actor de Portugal – conversou com António Jorge Lé e, entre perguntas e respostas, surgiu esta entrevista, em exclusivo, para o site O Jogo em Portugal. pt

Ruy de Carvalho – o histórico Actor de Portugal – conversou com António Jorge Lé e, entre perguntas e respostas, surgiu esta entrevista, em exclusivo, para o site O Jogo em Portugal. pt
Como se atinge a excelência no meio artístico actual. O que fez de diferente para o conseguir?
RC – Creio que fiz sempre tudo com muito trabalho. Acima de tudo é importante aprender o mais possível, com a escola e com aqueles que têm muito que ensinar. Devemos ter também um enorme respeito pelos meus colegas e acima de tudo pelo público, que é quem nos faz. Ser Actor é uma profissão difícil. Temos que estudar muitas horas, para além dos ensaios. Temos que moldar o nosso corpo a novas personagens, muitas vezes diferentes de nós e isso requer muito trabalho.
Os casinos são palcos que estão no seu coração?
Sim. Sem dúvida. Quando são salas com condições para fazer Teatro, são salas muito boas. Nunca trabalhei muito em casinos, mas já estive na Figueira da Foz, na Madeira, no Casino do Estoril e em Espinho há muitos, muitos anos.
Quando aposta, ganha ou nunca joga? Há algum número que seja o seu número da sorte?
É raro jogar. Quando jogo,  é apenas por distracção. Se ganhar, excelente, se perder, enfim, não fico triste porque o meu objectivo era divertir-me. Gosto muito do número 13!
Hoje escreve-se com qualidade ou temos de andar para trás no tempo para saborear o melhor do teatro?
Há gente que escreve bem, mas não é representada, ou quase nada. Há teatros que nem levam à cena peças de Teatro Portuguesas. Assim é difícil. É preciso apoiar quem escreve Teatro.
Quem é Ruy de Carvalho fora do palco?
Sou um homem simples, que gosta de coisas simples. Gosto de estar com a família, e sempre que posso, de viajar. É uma coisa que faço com prazer, apesar de já me cansar muito. Gostava de voltar a fazer um cruzeiro. Dos grandes.
O que falta a Portugal?
Mais respeito por nós próprios, como Portugueses. Gostamos pouco do que é nosso e somos um país e um Povo com imenso valor. É pena esquecermo-nos disso. Só quando vamos para fora é que tomamos consciência  que somos mesmo bons.

2 comentários em “Ruy de Carvalho – o histórico Actor de Portugal – conversou com António Jorge Lé e, entre perguntas e respostas, surgiu esta entrevista, em exclusivo, para o site O Jogo em Portugal. pt

    • josedeus Autor do artigoResponder

      Agradecemos o seu comentário! O Jogo em Portugal.pt, orgulha-se por Ruy de Carvalho nos ter concedido esta entrevista em exclusivo. É uma grande honra para nós. Bem haja!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.