Armando Gama: pianista dos casinos

Armando Gama: pianista dos casinos

 

Nascido em Luanda, em 1 de Abril de 1954, Armando Gama iniciou o percurso musical cedo, começando a tocar harmónica em família em 1959. Em 1983, Armando Gama venceu o Festival RTP da Canção com “Esta Balada que te Dou”, de sua autoria (e orquestração de Mike Sergeant), que representou Portugal no Festival da Eurovisão, realizado em Munique, na Alemanha, tendo ficado em 13.º lugar. A canção foi editada em 17 países e alcançou o ‘top’ de vendas, entre outros países, na Bélgica. Em Portugal, vendeu 80 mil exemplares.

Em 1970, o cantor que agora nos deixa, formou o conjunto LoveBirds e, no ano seguinte, o duo Marinho&Gama, que gravou um ‘single’ com dois temas de sua autoria: “Menino” e “Spanish Garden”. Em 1974, passou a residir em Lisboa, onde contactou com o mundo musical e constituiu, em 1976, o grupo Tantra, um projecto de rock sinfónico, com Manuel Cardoso, tendo gravado um ‘single’ e um álbum para a discográfica Valentim de Carvalho.

Dois anos depois, com Kris Kopke, formou o duo Sarabanda e assinou com a editora discográfica PolyGram a convite do produtor Tozé Brito.

No ano de 1980, Armando Gama divide-se entre orquestrador e produtor, tendo produzido nomes como Dina (1956-2019), Mário Mata, Dino Meira (1940-1993), o quarteto Doce, Trio Odemira e Nicolau Breyner (1940-2016).

Gama deu ainda voz ao tema principal da série animada infantil “Bana e Flapi”, baseada no livro “Bannertail: The Story of Gray Squirrel” (1922), de Ernest Thompson Seton, e a todas as canções de outra série animada infantil, “Sport Billy”, que marcou presença na RTP de Setembro de 1980 a Novembro do ano seguinte, conforme a Lusa descreveu aquando do seu recente desaparecimento.

Em 1982, gravou o seu primeiro disco a solo, o álbum “Quase Tudo”, pela discográfica Rádio Triunfo. Em 1986, gravou os ‘singles’ “No teu Abraço” e “Adoro Chopin” e, no ano seguinte, iniciou gravações de uma série de espetáculos com Valentina Torres, ex-locutora da RTP, com quem viveu de 1983 a 2010. Desta relação, o casal teve dois filhos, Ana Carolina e António.

Armando e Valentina interpretaram “Sonho de Natal” (1988), “Maria Linda” (1989), “Menina agarra o teu rapaz” (1991), e em 1993 Armando Gama concorreu ao Festival RTP da Canção com “Se Eu Sonhar”, que se ficou pela semifinal.

Em 1999 começou a actuar, regularmente, como pianista no Casino Estoril, onde se manteve até Julho de 2008. Em Maio de 2006, apresentou o espectáculo “Armando Gama o 5.º Beatle”, que foi mantendo esporadicamente, e gravou um DVD no Teatro Sá da Bandeira, em Santarém.

Apresentou-se também nos casinos da Póvoa e Figueira, “várias vezes e com êxito”, como lembra Jorge Lé, director artístico do Casino Figueira e seu amigo pessoal.

A partir de Abril de 2009 actuou ao piano, regularmente, no Palácio de Seteais, em Sintra. Em 2009, voltou a concorrer ao Festival RTP da Canção com “Amor mais que Perfeito”, que chegou à semifinal.

Armando Gama foi-se mantendo em actividade com actuações em quarteto – Virgílio Marujo na bateria, Zé Pinho na guitarra, Nélson Oliveira no baixo, e Gama, ao piano -, com a banda Revival e a solo, actuando com regularidade no bar Xafarix, em Lisboa, além de actuar em todo o país e algumas vezes além-fronteiras.

O cantor Armando Gama morreu, aos 67 anos, no Instituto Português de Oncologia (IPO), em Lisboa, onde se encontrava internado.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.