E é Dezembro outra vez como se fosse a primeira vez!

Filomena Saboia

E é Dezembro outra vez como se fosse a primeira vez! Nunca um Dezembro foi assim… Não me posso queixar porque ganhei algumas vezes. Eu, como um jogador de casino, tento a sorte na roleta da vida. Aposto na esperança de ganhar e foi tempo que me saiu como prémio. Agora tenho tempo e desejo saúde. Tenho saúde e não me posso queixar, mas posso. Num jogo é assim e mesmo que ganhemos, há sempre mais a ganhar.

Queria Dezembro com portas abertas e barulho nas ruas, gente vestida para a festa da empresa e festa na empresa. Queria não gostar deste mês e ser bipolar porque sempre adorei, mas queixava-me que não tinha tempo e demasiado trabalho. Ganhei o “jackpot” e as horas acumulam-se, mais lentas e sem amigos ou família por perto.

Nunca mais volto a queixar-me porque Dezembro não merece tamanha ingratidão. Quero tudo de volta. Quero vozes cruzadas, risos, abraços apertados e um Dezembro que só feche no dia 24. Amanhã vai ser Dezembro outra vez e já não me lembrarei o que perdi. Volto ao casino e aposto tudo na vida.

Sei que vou ganhar e viver é isto: esperança da bola cair no número certo!

Por: Filomena Saboia

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.